A gastronomia italiana como atrativo turístico na região da quarta colônia – Rio Grande do Sul – Brasil

Dreisse Gabbi Fantineli, Elsbeth Léia Spode Becker

Resumo


Neste trabalho, objetivaram-se compreender a influência da imigração italiana na gastronomia da Quarta Colônia e evidenciar a potencialidade para o turismo. Realizou-se uma abordagem teórica sobre a  gastronomia como um atrativo turístico e, na pesquisa de campo, foram entrevistados cinquenta moradores da região da Quarta Colônia, dois festeiros, dois proprietários de restaurantes e vinte frequentadores desses estabelecimentos. Concluiu-se que a gastronomia contribui com acentuada potencialidade para o turismo na Quarta Colônia, sendo que a culinária italiana é a que mais se destaca, devido à influência e à predominância dos imigrantes italianos na Região. Constatou-se que a população nativa quer  cultivar a cultura italiana, por meio da gastronomia, que está fortemente agregada à fé e à religiosidade e, atualmente, manifesta-se nas festas religiosas das paróquias. Assim, é possível afirmar que na Região da Quarta Colônia a relação entre fé, religiosidade e lazer está muito próxima, em um mesmo território e constitui-se  uma viabilidade econômica para o  turismo e o desenvolvimento local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.