O final da gestação e o período da preocupação materna primária na ótica masculina

Márcia Elisa Jager, Cristiane Bottoli

Resumo


O presente artigo visa principalmente a entender como os homens percebem o momento final da gestação e a preocupação materna primária da mulher, procurando identificar suas percepções a respeito disso. A pesquisa desenvolveu-se através de entrevistas com pais que vivenciavam o 8o mês de gestação de suas mulheres. As respostas foram examinadas através da análise de conteúdo. Os resultados indicaram uma tímida percepção dos homens-pais, do momento da preocupação materna primária e certa empatia com suas mulheres, quanto ao estado em que se encontravam. Questões de gênero apresentaram-se de forma significativa, pois os entrevistados ainda se mostraram enraizados em papéis de gêneros mais tradicionais no que tange à paternidade. A dificuldade de exporem seus sentimentos e a necessidade de se colocarem em um lugar de apoio e suporte às suas companheiras gestantes, em detrimento de seus próprios sentimentos, foi muito forte. Esses dados apontam para a necessidade de disponibilizar um espaço mais efetivo de escuta para os homens-pais e desenvolver formas de intervenção para que possam falar sobre esse momento, segundo sua perspectiva, tendo como consequência uma melhor qualidade nas relações intrafamiliares e no desenvolvimento da parentalidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.