Incerteza e invenção: um percurso da criação artística à clínica psicanalítica

Camilla Baldicera Biazus, Graziela Oliveira Miolo Cezne

Resumo


A relação que envolve arte e psicanálise tem sido insistentemente trabalhada na atualidade, porém não esgotada. Muitos acusam a psicanálise de ser pretensiosa no que tange à arte por tentar interpretá-la; outros, ao contrário, acham que ela tem muito a acrescentar no que se refere às origens e aos mistérios do processo de criação. Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa na qual foram entrevistados três artistas, visando compreender como ocorre o processo de criação, sob uma perspectiva psicanalítica e sua relação com a prática clínica. Os dados das entrevistas foram analisados e discutidos através da análise de discurso, o que permitiu constatar que a criação artística se encontra marcada por um conflito entre pulsão de vida e pulsão de morte. Vários sentimentos e peculiaridades descritos pelos entrevistados, como presentes no fazer artístico, foram passíveis de ser entendidos através da relação com o Inconsciente freudiano, o que permitiu uma aproximação entre os processos envolvidos na criação artística e a prática clínica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.