Jogos eletrônicos na infância: a imagem à revelia do corpo

Fernando Free Paim, Cristina Saling Kruel

Resumo


O objetivo, no presente artigo, é refletir sobre o impacto do uso excessivo de jogos eletrônicos na constituição e no desenvolvimento da imagem e do esquema corporal na criança. Neste estudo, foi realizada uma revisão de constructos teóricos, compreendidos sob a luz da teoria psicanalítica, numa perspectiva lacaniana. No estudo, evidenciou-se a importância da inserção do corpo da criança no processo do brincar, alertando sobre as consequências do uso demasiado de jogos eletrônicos, que impossibilitariam tal inserção. Dessa forma, pode-se concluir que tais jogos não devem ser excluídos do repertório de brinquedos da criança, mas deve-se atentar à necessidade de a criança transitar por variadas formas de brincar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.