Os contos de fadas no processo de aprendizagem

Angela Link Saccol, Patrícia do Amaral Comarú

Resumo


No presente trabalho de pesquisa, objetivou-se verificar qual a eficácia da utilização da hora do conto no processo de aprendizagem dos alunos, numa turma da Educação Infantil. Dentre os inúmeros autores, destacam-se como referenciais: Abramovich (2001), Barcellos e Neves (1995), Bettelheim (1980), Coelho (1990) e Carvalho (1987). A população pesquisada foi uma turma de Educação Infantil e a instrumentação básica, a narração de contos de fadas com atividade cênica. Foram encontradas, na fala dos alunos, algumas unidades ou passagens dos textos narrados, manifestando a compreensão, por parte das crianças, do que é real e o que não é, embora elas usassem essas passagens para expressar o que poderia acontecer. À hora do conto, na Educação Infantil, tem considerável importância na formação das atitudes da criança, visando emocionar e a instruir. Embora as atividades ligadas à literatura pareçam simples brincadeira ou passatempo são, na verdade, o marco inicial de uma cultura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.