Trajetória do ensino de Filosofia no Brasil

Norberto Mazai, Maria Alice Coelho Ribas

Resumo


No presente artigo, desenvolveu-se uma pesquisa bibliográfica com o objetivo de traçar, ainda que sucintamente, a trajetória do ensino de Filosofia no Brasil, desde a chegada dos jesuítas (séc XVI) até os nossos dias. Traz à tona, de certo modo, a polêmica sobre o retorno da disciplina de Filosofia no Ensino Médio, sua importância e o papel a ser por ela desempenhado na construção da consciência crítica no âmbito escolar. Dos dados obtidos, chegou-se às seguintes conclusões: a) o movimento pendular de inclusão e exclusão da disciplina de Ffilosofia dos currículos, no Brasil, foi fortemente marcado por razões ideológicas que inibiam o pensar crítico, b) faz-se necessário repensar a volta da disciplina de Filosofia no Ensino Médio, a fim de torná-la eficaz no processo de ensino-aprendizagem, bem como para o exercício consciente da cidadania.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.