HERMENÊUTICA E TEMPO DO ESPÍRITO: GIANNI VATTIMO E OS ENSINAMENTOS DE JOAQUIM DE FIORE

Francisco Elvis Rodrigues Oliveira

Resumo


Gianni Vattimo associa a metafísica com a violência. Pretendemos demonstrar que a tese do pensamento fraco de Gianni Vattimo surge como agente redutor desta violência metafísica. Tal ontologia fraca entende que o cristianismo pós-moderno fundamenta-se na herança da kenosis¸ no esvaziamento-despojamento do Filho de Deus, o que indica a presença de elemento secularizante na raiz mesma do cristianismo. Com isso, o retorno do religioso percebido por Vattimo, não aparece como algo acidental, mas traz consigo a grave responsabilidade de pensar o cristianismo na pós-modernidade não em regime de estrutura forte, verdade estável e absoluta, senão que em termos da caritas-caridade. Este movimento seria, para ele, a realização do tempo do Espírito preconizado pelo abade medieval Joaquim de Fiore.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37782/thaumazein.v15i30.4257

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Não há custos de publicação e leitura, mas doações são bem vindas.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.