A SENSIBILIDADE PARA OS DIREITOS HUMANOS: REFLEXÃO A PARTIR DE MAURICE MERLEAU-PONTY

Rudimar Barea

Resumo


Este trabalho tem por objetivo apresentar uma breve reflexão filosófica sobre o tema da sensibilidade e seu papel para a percepção dos Direitos Humanos, com base no pensamento de Maurice Merleau-Ponty. Nosso trabalho partiu da seguinte pergunta: O tema da sensibilidade, descrito por Merleau-Ponty, contribui para refletir sobre os Direitos Humanos? Para responder esta questão e outras que foram evidenciadas ao longo do trabalho o artigo está organizado em três partes, sendo que se propõe a discutir no primeiro momento o tema da percepção e suas interfaces entre sensibilidade e racionalidade; no segundo ponto apresenta-se uma reflexão sobre a corporeidade e sua dimensão ética; e, por fim, o trabalho aborda a questão da liberdade como um direito fundamental do ser humano. O debate sobre Direitos Humanos acumula várias reflexões contemporâneas que são extremamente importantes para a afirmação da dignidade de cada pessoa, a filosofia de Merleau-Ponty também se apresenta nesta linha e é isto que o leitor deverá perceber ao se deparar com esta pequena contribuição para o entendimento de seu pensamento por este viés.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37782/thaumazein.v12i24.2420

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Não há custos de publicação e leitura, mas doações são bem vindas.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.