JOHN STUART MILL: PATERNALISMO E ESCRAVIDÃO VOLUNTÁRIA

Autores

  • Mauro Cardoso Simões Centro Universitário Franciscano
  • Anarita Araújo da Silveira Centro Universitário Franciscano

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a relação entre paternalismo e escravidão voluntária. A intenção inicial é desativar os argumentos que procuram justificar a aceitação por parte de Mill do paternalismo moral e legal. O trabalho procurará, também, investigar a preocupação milleana com as noções de autonomia, auto-desenvolvimento e liberdade positiva, posicionando-se por uma leitura de Mill como um pensador que defende uma versão fraca do paternalismo. Esta investigação propõe, ainda, a interlocução com os intérpretes contemporâneos de Mill, o que permitirá avaliar o impacto de suas idéias sobre o diálogo atual em torno da liberdade civil e do paternalismo.

Biografia do Autor

Mauro Cardoso Simões, Centro Universitário Franciscano

Anarita Araújo da Silveira, Centro Universitário Franciscano

Downloads

Publicado

2011-07-21

Edição

Seção

Artigos