Estado nutricional de pacientes HIV/AIDS em uso de terapia anti-retroviral

Aline Roque Dutra, Caroline dos Santos Tombesi, Tiffany Prokopp Hautrive, Vanessa Ramos Kirsten, Ricardo de Freitas Zwirtes

Resumo


O objetivo, neste estudo foi verificar se a terapia anti-retroviral influencia o estado nutricional e o risco cardiovascular em pacientes com HIV/AIDS. Foram analisados pacientes atendidos no ambulatório de doenças infecciosas do HUSM, no período de abril a dezembro de 2006. O estado nutricional foi analisado através do Índice de Massa Corporal (IMC), prega cutânea triciptal (PCT), circunferência do braço (CB) e da cintura (CC). Foram analisados 159 pacientes, idade entre 15 e 75 anos, 51,6% do sexo masculino, dos quais 116 faziam uso de HAART. O estado nutricional, segundo o IMC, demonstrou que os pacientes que utilizam HAART apresentaram 2,6% baixo peso, 61,2% eutrofia, 36,2% obesidade. Os pacientes que não utilizam a terapia apresentaram: 2,3% baixo peso, 60,5% eutrofia, 37,3% sobrepeso/obesidade. Conclui-se que a maioria dos pacientes com HIV, quando analisados pelo IMC, apresentam algum grau de sobrepeso/obesidade, em detrimento da desnutrição. Na PCT e CB, mais da metade da amostra apresentou desnutrição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.