Sexualidade na Velhice

Vanessa Oliveira Solise, Marcos Pippi de Medeiros

Resumo


A constatação de que compartilhamos uma sociedade bastante preconceituosa no que se refere às questões da velhice faz-nos a refletir sobre o lugar ocupado pelo velho, hoje, em meio a uma cultura que prima pela juventude, pela saúde e pela beleza física. Então sobre a sexualidade, é imposta aos velhos a obrigatoriedade de apresentar uma disfunção orgásmica, de excitabilidade e, principalmente, de desejo. Como o corpo continua a se manifestar, o resultado é uma vivência da sexualidade repleta de culpa, vergonha e repressões. Com este estudo, pretende-se refletir sobre as conseqüências desta pressão exercida sobre os idosos não só pela família, instituições e sociedade, como também a dificuldade de aceitação da sua própria sexualidade. E ainda se analisam aspectos pertinentes ao tempo no que se refere à construção oudesconstrução da imagem corporal, como parte do processo de envelhecimento; verifica-se o valor da morte e do tempo cronológico como fatores que possam interferir na sexualidade na velhice e, por fim, busca-se um maior entendimento sobre os elos eróticos e sexuais conflitantes realizados na maturidade. Partindo dessas questões, haverá qualificação deste trabalho, utilizando de uma pesquisa bibliográfica no âmbito da teoria psicanalítica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.