Exercício físico e mecanismos moleculares da captação de Glicose no Diabetes tipo 2: revisão integrativa

Raquel da Franca

Resumo


A hiperglicemia, defeitos na produção/secreção de insulina e resistência a esse hormônio, são características fisiopatológicas observadas em indivíduos diabéticos tipo 2. O exercício físico é um aliado importante para o manejo glicêmico, porém os mecanismos envolvidos nesse processo são múltiplos, complexos e precisam ser mais explorados. O objetivo deste estudo foi analisar os mecanismos moleculares independente de insulina envolvidos no controle glicêmico em diabéticos tipo 2 em resposta ao exercício físico. Trata-se de uma revisão integrativa, com período de busca de 2000 a 2020 de artigos indexados nas bases de dados PubMed, SciELO e Medline, com os descritores encontrados no DECS e MESH. Foram investigados sujeitos diabéticos tipo 2 de ambos os sexos e com idade superior a 18 anos. Foram encontrados 632 artigos, dos quais apenas 4 (n=88) atenderam aos critérios de inclusão. O exercício físico pode auxiliar no manejo glicêmico de diabéticos tipo 2, pois estimula vias através da contração muscular, causando aumento da expressão proteica nos tecidos, com maior destaque para a ativação da 5’-monofosfato-adenosina proteína quinase ativada e do transportador de glicose 4 nos diabéticos insulinorresistentes. Embora as evidências tenham mostrado que a ativação de algumas moléculas em resposta ao exercício físico seja benéfica para o manejo glicêmico do diabetes tipo 2, há necessidade de maior exploração desses mecanismos, pois ainda não estão bem descritos na literatura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.