Cuidados básicos para minimizar a permanência do melasma pós gestacional: revisão integrativa

Tanise Schorn Rodrigues, Lenise Dutra da Silva, Dirce Stein Backes, Luciane Najar Smeha, Léris Salete Bonfanti Haeffner

Resumo


No período gestacional inúmeras transformações acometem as mulheres, dentre estas pode-se citar mudanças no sistema imunológico, endócrino, vascular e metabólico. Essas modificações fazem com que a mulher fique mais suscetível a diversas alterações na pele, tanto fisiológicas quanto patológicas. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo analisar as produções científicas relacionadas aos cuidados na gestação para minimizar a permanência do melasma pós-gestação. Trata-se de uma revisão integrativa, cujas buscas foram realizadas nas bases de Lilacs, Medline, Ibecs, e PubMed, no mês de abril de 2020, com a análise de cinco artigos. Percebeu-se, a partir da análise dos artigos, que a melanose e seus fatores de prevenção necessitam ser abordados durante o período gestacional, uma vez que o surgimento desta hiperpigmentação afeta consideravelmente a qualidade de vida das mulheres, podendo ocasionar o surgimento de diversos sentimentos negativos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.