Liberação miofascial e manipulação articular no tratamento de dores torácicas inespecíficas

Carla Albuquerque, Ellen Vitória Samuelsson Mussulini, Paula Renata Olegini Vasconcellos, Gladson Ricardo Flor Bertolini

Resumo


Objetivo: comparar as técnicas de manipulação articular e liberação miofascial de forma combinada e isolada em estudantes do ensino superior, com dor na coluna torácica. Materiais e métodos: foram analisados 40 indivíduos, distribuídos em quatro grupos: grupo controle, manipulação articular, liberação miofascial e somatória das técnicas. Todos os participantes foram avaliados em duas etapas: no primeiro contato com o participante ocorreu a Avaliação 1, e sete dias após os procedimentos a Avaliação 2. A avaliação da dor ocorreu com algômetro de pressão e dor ao frio com uso de pedra de gelo, ambos sobre dois pontos gatilho, também foi utilizado um questionário sobre crença de autoeficácia ao tratamento, uma Escala Visual Analógica e contabilizado o número total de disfunções vertebrais. Resultados: para todas as variáveis relacionadas à dor não houve redução do quadro nas diversas formas terapêuticas adotadas. Na análise de disfunções articulares, houve redução para os grupos em que foi utilizada a manipulação articular. Conclusão: a manipulação articular associada ou não a liberação miofascial reduziu o número de bloqueios articulares, contudo, não houve efeitos com respeito à dor.


Texto completo:

PDF

Referências


https://doi.org/10.37777/dscs.v21n1-014


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.