Falsas memórias de abuso sexual no contexto da alienação parental

Alice Motta Ribeiro, Katia Simone Silveira, Andriza Saraiva Corrêa

Resumo


Este estudo tem como objetivo compreender o desenvolvimento das falsas memórias em casos de alienação parental, e a relação com as falsas denúncias nesse contexto. Além disso, verificar os possíveis impactos que as memórias implantadas de abuso sexual podem causar no desenvolvimento da criança bem como o processo de vitimização. Pesquisas sobre as falsas memórias de abuso sexual na alienação parental tem se direcionado nas causas, em quem é o genitor alienador e os resultados para o desenvolvimento da criança. Este estudo se justifica tendo em vista a sua complexidade e o escasso número de materiais acerca do assunto. Para melhor compreensão da temática realizou-se uma revisão integrativa da literatura em bases de dados eletrônicas por achados que cumpriram os critérios de inclusão previamente definidos. Assim, chegou-se ao entendimento de que a implantação de falsas memórias de abuso sexual pode causar consequências significativas no desenvolvimento psicológico da criança. De acordo com os dados encontrados na revisão, foi possível concluir que se torna importante observar a relação que o filho tinha antes, durante e depois da separação conjugal dos pais, com o genitor alienador. Este cuidado deve receber destaque principalmente quando diz respeito a acusações de abuso sexual, pois podem estar contaminadas por falsas memórias implantadas por um dos genitores.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.