A dança na promoção da saúde do idoso

Ana Claudia Pinto da Silva, Bibiana Massem Homercher, Carolina Cáceres, Vanessa Trindade Nogueira, Felipe Schroeder de Oliveira

Resumo


O presente estudo teve como objetivo compreender a importância da dança para a saúde do idoso. Desenvolver programas destinados à promoção da saúde do idoso é uma necessidade premente, tendo em vista o envelhecimento populacional. Incentivar, criar e avaliar metodologias de trabalho em promoção de saúde torna-se um desafio para educadores e profissionais da saúde. Este trabalho propõe investigar o que já foi publicado na literatura brasileira em relação à dança e à saúde do idoso. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa bibliográfica incluindo artigos publicados nas bases de dados disponíveis no portal Capes. Os descritores utilizados na busca foram: dança, idosos e saúde. Os estudos encontrados apontam que a dança estimula a formação e manutenção de relações sociais. Constata-se também que, com a realização da dança como atividade física ocorre a melhora do equilíbrio e o aumento da flexibilidade do corpo. Nesse sentido, a dança pode ser vista não apenas como uma atividade de socialização e lazer, mas também como benéfica na promoção e prevenção em saúde.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.