Transmissão vertical de infecções sexualmente transmissíveis: uma revisão narrativa

Margarete Reginatto Giacomini, Martha Souza

Resumo


No presente trabalho teve-se como objetivo identificar as produções nacionais sobre a transmissão vertical de infecções sexualmente transmissíveis. Trata-se de revisão narrativa realizada no período de julho de 2016. Utilizou-se os descritores nas bases de dados do LILACS e SCIELO, estabelecendo o limite de publicação no período de 2005 a 2016. Foram encontrados 23 artigos dos quais cinco preencheram os critérios de inclusão. Ao analisar as publicações selecionadas, de acordo com o objetivo do presente artigo, para fins de organização da apresentação dos resultados, foram definidas duas categorias: o risco da amamentação para a transmissão vertical e a importância de prevenção da transmissão vertical das Infecções Sexualmente Transmissíveis. A prevenção da transmissão vertical de Infecções Sexualmente Transmissíveis, durante a gestação, tem um papel de grande importância, pois neste período podem ocorrer complicações obstétricas e neonatais em decorrência delas, acarretando aumento da morbimortalidade materno-infantil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.