Avaliação do perfil de dissolução de comprimidos contendo loratadina 10 mg

Marianne de Oliveira Kellermann, Marcos Roberto dos Santos, Luciane Varini Laporta

Resumo


Neste trabalho, teve-se como objetivo principal comparar, por meio do estudo de perfil de dissolução in vitro, nove medicamentos contendo loratadina (quatro genéricos e cinco similares), com o medicamento referência e avaliar o custo-benefício dessas formulações. Os perfis de dissolução foram realizados em conformidade com os procedimentos descritos na Farmacopeia Brasileira (2010) e comparados, utilizando-se dois modelos dependentes de análise. Dos nove medicamentos avaliados, segundo as especificações da RDC, 31 de 2010, somente um dos similares não apresentou perfil de dissolução semelhante ao medicamento de referência, porém, quando avaliados em relação à eficiência de dissolução, somente quatro dessas formulações apresentaram a cedência de ativo comparável ao medicamento de referência. Em relação ao custo-benefício, é possível concluir que existem boas alternativas para a intercambialidade de loratadina 10 mg no mercado brasileiro, mas, em algumas situações, a eficácia do produto pode não ser a mesma, em caso de substituição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.