Uso de pulseiras na identificação do paciente: implicações para o cuidado seguro

Simone Franciscatto Panno, Regina Gema Santini Costenaro, Claudia Diaz, Cláudia Zamberlan

Resumo


Objetivou-se identificar as produções científicas em âmbito nacional e internacional sobre identificação do paciente por meio do uso de pulseiras e suas implicações para o cuidado seguro no contexto hospitalar. Esta pesquisa trata-se de uma revisão integrativa de literatura. Após a leitura e análise dos estudos, foram encontradas oito publicações e estas foram agrupadas em duas categorias: Avaliação do uso e conformidade das pulseiras de identificação e Enfoque da equipe de saúde sobre a identificação correta do paciente, as quais denotam para aspectos referentes à própria pulseira e sua conformidade e como a equipe de saúde identifica o paciente por meio desse instrumento. Conclui-se que o processo de identificação envolve multiplicidade de fatores, o que se configura como um desafio para as instituições de saúde em alcançar níveis aceitáveis de conformidades. É relevante o desenvolvimento de ações que promovam a cultura de segurança institucional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.