Laserterapia: a utilização da tecnologia na intervenção em enfermagem

Michelle Hillig Schmidt, Adriana Dall’Asta Pereira

Resumo


A laserterapia é uma radiação eletromagnética com alta intensidade de energia. No tratamento de feridas, é utilizado o laser de baixa potência, o qual atua como biomodulador, o que provoca a proliferação celular, neoformação tecidual, revascularização, aumento da microcirculação com redução do edema e alívio da dor. O objetivo deste estudo é verificar a produção científica acerca da utilização do laser pelo enfermeiro no tratamento de feridas nos últimos cinco anos. Trata-se de estudo de revisão bibliográfica referente ao período de 2012 a 2016, realizado nas bases de dados LILACS, SCIELO, BEDENF, PUBMED/MEDLINE, COCHRANE, por meio de pesquisa conjunta dos seguintes descritores: Terapia a Laser AND/OR Terapia com Luz de Baixa Intensidade AND/OR Enfermagem. Foram encontrados 169 artigos científicos, porém apenas um foi selecionado após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão. Os artigos selecionados, bem como outros estudos, comprovam a melhora no processo cicatricial das feridas após utilização do laser. Conclui-se que há uma lacuna na produção científica nacional e internacional de utilização desse procedimento pelo enfermeiro. Sugere-se a necessidade de aprofundamento científico do profissional ao absorver as novas tecnologias em saúde, o que proporcionará a melhoria da resolutividade e da qualidade assistencial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.