Relação entre práticas alimentares e apoio social de nutrizes

Mariane de Oliveira Milani, Josiane Lieberknecht Wathier Abaid, Franceliane Jobim Benedetti

Resumo


O apoio social é um fator que pode influenciar nas práticas alimentares durante a gestação, bem como no período pós-parto. Neste sentido, o objetivo desta pesquisa foi investigar a associação entre a rede de apoio social e as práticas alimentares de nutrizes. Trata-se de estudo transversal inserido em uma coorte prospectiva. A amostra foi coletada em hospital público do interior do Rio Grande do Sul e acompanhada no período de 30 dias pós-parto. Para análise das práticas alimentares foi utilizado recordatório de 24 horas e para a rede de apoio foi utilizada a escala de apoio social. A amostra foi constituída por 32 nutrizes com idade média de 24,84±6,80 anos. 43,8% estavam com excesso de peso e 90,6% praticavam aleitamento materno, além disso, 68,8% das mães apresentaram inadequações no consumo alimentar dentre todos os grupos. O grupo alimentar que mais apresentou associação com a rede de apoio social foi o da carne. A interação social positiva foi a que apresentou mais interações com os grupos alimentares. A alimentação e a rede de apoio apresentaram relação, mas são necessários novos estudos para investigar outras relações e demais variáveis que interferem nessa questão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.