Possibilidades interdisciplinares nas práticas de saúde: da separação à integração

Teresa Cristina Duarte, Maria Elena Pires Santos

Resumo


Vive-se uma realidade no setor da Saúde em que a dissociação entre teoria e prática compromete a compreensão das complexas questões relacionadas à saúde/doença, quadro para o qual a interdisciplinaridade poderá trazer grande contribuição ao propor um conhecimento articulado que possibilite a apreensão desse tema complexo favorecendo, dessa forma, o autoconhecimento e a humanização nas práticas de saúde. Esta revisão bibliográfica objetivou discutir diferentes paradigmas em torno da saúde/doença e o rompimento das fronteiras estabelecidas entre as diferentes áreas do conhecimento, tornando possível a individualização do processo terapêutico, também favorecendo o autoconhecimento. Ao avançar no conhecimento para além das muralhas que cercam as especialidades disciplinares das modalidades terapêuticas, foi possível perceber a importância da interdisciplinaridade para que sejam ampliadas as possibilidades da utilização de variadas alternativas de intervenção com a finalidade de que, individualizando o processo terapêutico, possam ser contempladas a complexidade que envolve a saúde/doença e a complexidade das necessidades da pessoa que busca auxílio.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.