Análise de dor nas costas em estudantes de graduação

Ana Paula Ziegler Vey, Alyssa Conte da Silva, Francisco Solano Trindade de Lima

Resumo


A terminologia “dor nas costas” é utilizada para designar queixas de desconforto ou dor crônica na região da coluna vertebral, sendo uma das dores mais frequentes da humanidade. Uma das posições que predispõem a dorsalgias é a posição sentada. No presente trabalho, objetivou-se investigar a relação entre as horas em que os alunos de graduação passam na posição sentada e a queixa de dor nas costas. A amostra foi composta por 90 indivíduos com idade entre 19 e 45 anos. Foram utilizados para coleta de dados uma ficha de avaliação, um diagrama corporal e uma escala visual analógica da dor. Os resultados sugerem que 82,23% dos indivíduos relatam sentir dor nas costas. A média que os indivíduos passam na posição sentada semanalmente foi de 60,4 horas. A queixa de maior dor na coluna vertebral correspondeu à região lombar (47,9%), seguida da região torácica (32,6%) e cervical (19,38%).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.