Carga viral, contagem de linfócitos CD4+ e peroxidação lipídica em pacientes com sorologia reagente para anti-HIV

João Felipe Peres Rezer, Daniela Bitencourt Rosa Leal, Juliana Fleck

Resumo


A infecção pelo HIV afeta diretamente os linfócitos T, que expressam receptores para o CD4+, e sua progressão resulta em depleção progressiva dessas células imunes, o que diminui a habilidade do organismo para combater doenças, chamadas de oportunistas. A linfocitopenia de T CD4+ e o aumento da carga viral são parâmetros determinantes para a progressão da infecção pelo HIV, que culmina no estágio final denominado de AIDS, que é a fase mais avançada da infecção pelo vírus. Um dos principais mecanismos de lesão celular relativos ao estresse oxidativo é a peroxidação lipídica, que se relaciona com a oxidação da camada lipídica da membrana celular. O objetivo neste estudo foi avaliar a contagem de linfócitos T CD4+, a carga viral e a peroxidação lipídica de pacientes com sorologia positiva para anti-HIV em tratamento com antirretrovirais. Nossos resultados indicam que esses pacientes apresentaram um aumento na peroxidação lipídica e 66,6% apresentaram níveis indetectáveis de cópias virais e uma contagem de linfócitos CD4+ satisfatória.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.