A terapêutica anticoagulante

Luana Krauspenhar Eggres, Maria do Carmo Araújo

Resumo


O analista clínico inserido no contexto multiprofissional é o responsável pelo diagnóstico laboratorial e monitoramento do tratamento dos distúrbios tromboembólicos. Neste contexto, este estudo ampliou o conhecimento sobre a fisiologia da hemostasia, terapêutica anticoagulante mais utilizada no tratamento das patologias tromboembólicas. Os antagonistas da vitamina K foram durante muitos anos os únicos anticoagulantes orais utilizados na terapêutica antitrombótica. Atualmente foram disponibilizados no mercado anticoagulantes orais como os inibidores diretos do fator Xa, e os inibidores diretos da trombina que apresentam baixo risco de sangramentos e interação mínima com outros fármacos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.