Estado nutricional e consumo alimentar de adolescentes de escolas públicas e privadas da cidade de Santa Maria - RS

Camila Tolfo Beque, Cátia Regina Storck

Resumo


Na adolescência as necessidades de nutrientes são altas e as escolhas feitas nesse período afetam a saúde, tanto no presente quanto no futuro. O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional e o consumo alimentar de adolescentes de escolas públicas e privadas da cidade de Santa Maria - RS. Trata-se de um estudo descritivo, onde participaram 130 adolescentes. Do total de amostra, 75% dos adolescentes apresentaram eutrofia, 15% apresentaram magreza e 10% apresentaram sobrepeso e obesidade. Os adolescentes do sexo masculino apresentaram maior prevalência de sobrepeso e obesidade, maior classificação de baixa estatura para a idade e maior excesso de adiposidade em relação ao sexo feminino. O grupo de doces, salgadinhos e guloseimas foi o único influenciado pelo gênero, considerando que as meninas consomem mais porções por dia do que os meninos. Concluiu-se que, apesar da menor prevalência de obesos quando comparado com outros estudos, os adolescentes apresentaram um alto consumo de alimentos industrializados, doces e refrigerantes, os levando à má alimentação e, consequentemente, prejudicando a saúde.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.