Utilização de dentifrícios por crianças do ensino infantil do município de Santa Maria

Guilherme Aita Eggers, Bianca Zimmermann dos Santos, Débora Martini Dalpian, Cristina Machado Bragança de Moraes, Ana Lúcia de Freitas Saccol, Adriana Carpes

Resumo


O uso de dentifrícios fluoretados contribui para a prevenção de lesões cariosas, porém seu uso indiscriminado durante a infância pode levar ao desenvolvimento de fluorose dentária. Desta forma, este estudo objetivou avaliar o perfil de utilização de dentifrícios por crianças em idade pré-escolar do município de Santa Maria - RS. A coleta de dados foi obtida via distribuição de questionários dirigidos aos pais e/ou responsáveis das crianças matriculadas em pré-escolas públicas e privadas do município. A amostra totalizou 200 questionários, com média de idade das crianças de 47,2±14,3 meses. Os resultados evidenciaram o uso de quantidade adequada de dentifrícios, tanto pela técnica transversal (51%) como pela mínima quantidade na pontinha da escova (33,3%). Quanto à concentração, 33,9% e 36,8% da amostra utilizavam dentifrício de 1100 e 1500ppm de flúor respectivamente. O dentifrício não fluoretado era administrado por 16,4% das crianças, sendo associado a crianças com menor idade. Podemos concluir que a maioria das crianças da amostra avaliada utiliza adequadamente os dentifrícios.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.