Publicidade no dia internacional da mulher: L’Oreal Brasil e suas representações do gênero feminino

Laís Franchi, Pauline Neutzling Fraga

Resumo


O artigo objetiva refletir sobre as representações do gênero feminino em uma narrativa publicitária audiovisual produzida para veiculação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher do ano de 2016. O foco foi identificar como a anunciante L’Oréal Brasil representou o gênero feminino por meio de uma personagem transgênero. Os objetivos específicos foram: a) investigar a função e a importância dos estereótipos na argumentação da narrativa publicitária; b) identificar as principais características da evolução do estereótipo da mulher via representações publicitárias; c) compreender como a marca L’Oreal Brasil representou a mulher (gênero feminino) em um audiovisual veiculado no Dia Internacional da Mulher e se essa representação escapou do estereótipo publicitário de mulher (gênero feminino). A natureza da pesquisa foi qualitativa e empregou-se a técnica descritiva. Ao finalizar-se a análise do audiovisual “Toda mulher vale muito”, pode-se observar que a anunciante adapta seu posicionamento para o contexto contemporâneo e, nesse sentido, rompe com alguns estereótipos comumente empregados pela propaganda brasileira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.