GoPro: a relação entre lovemarks e brandlovers

Arthur Panziera Barros, Claudia Buzatti Souto

Resumo


O objetivo desta pesquisa é analisar a relação entre marca e público, assim como a importância das estratégias de comunicação publicitária na construção de um relacionamento afetivo com os consumidores, a fim de se tornar uma lovemark. O conceito desenvolvido por Kevin Roberts (2005) diz respeito às marcas que possuem como dimensões básicas: o mistério, a sensualidade e a intimidade, com o objetivo de criar conexões emocionais com os fãs. O trabalho realiza-se a partir de uma análise do material de comunicação (vídeos de lançamento, posts nas redes sociais, webdocumentários, entre outros) da GoPro, uma empresa que produz câmeras esportivas e é reconhecida mundialmente. São apresentadas as principais formas de interação com os consumidores e como esses meios se adequam às três dimensões, atribuindo características de uma lovemark à GoPro. É possível observar, com o presente estudo, que a empresa, desde a sua fundação, norteia a sua comunicação publicitária com base nas três dimensões citadas e, também, valoriza e concede importância aos seus fãs por meio do uso de imagens provenientes da captura de momentos, sejam esses radicais, sejam familiares, por meio de recompensas ou prêmios diários.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.