Diagnóstico de produtores de sementes e de plantas nativas do estado do Rio Grande do Sul

Eduardo de Medeiros Gass, Patrícia Goulart Pinheiro, Katia Helena Lipp-Nissinen

Resumo


A revegetação é etapa importante nos planos de recuperação de áreas degradadas (PRAD). A escolha adequada de espécies vegetais e o conhecimento das fontes para obtenção dessas são informações importantes para planejamento. No presente estudo, objetivou-se inventariar fontes de plantas nativas, ou seja, viveiros que produzem e/ou comercializam sementes e mudas de plantas nativas no estado do RS, com vistas ao conhecimento de sua aptidão e capacidade ao fornecimento de plantas para a revegetação em PRAD. Uma lista com 102 contatos de viveiros ativos no RS foi obtida a partir de cadastros estadual e nacional e de buscas na internet. Um questionário com 19 perguntas objetivas e dissertativas foi enviado aos endereços eletrônicos de cada um, seguido de reenvio. Os resultados apresentados aqui representam as respostas dos 18 viveiristas que responderam ao questionário. Quase a metade (47%) das espécies produzidas/comercializadas é nativa do RS. Quatorze viveiros destinam sua produção de mudas e sementes para PRAD, além de outros destinos. A maioria dos viveiristas julgou-se apto a fornecer materiais para PRAD, considerando seus potenciais de produção atuais, e um planejamento prévio para atender as demandas dessa atividade. Demais dados quali-quantitativos levantados incluem produção anual, número, origem, identificação e hábitos vegetativos das espécies, destino, distribuição e assistência pós-venda. Os resultados contribuem para a criação de uma lista de viveiros com informações que poderão subsidiar procedimentos de PRAD no RS.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v22i2.3861

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.