Equipamentos de Proteção Individual e os profissionais do Setor Florestal

Juliano dos Santos Depoi, William Leonardo Da Silva

Resumo


Embora os equipamentos ergonômicos e de proteção individual são amplamente difundidos no setor, ainda há muito a ser aprofundado, pois não há clareza sobre quais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) devem ser utilizados, de acordo com as atividades exercidas, a fim de prevenir e/ou reduzir possíveis acidentes de trabalho e a exposição para riscos ocupacionais. Por isto, o uso de equipamentos de proteção individual é indispensável, proporcionando segurança para as atividades de trabalho. Além disso, a partir da mecanização florestal, houve uma mudança nas doenças ocupacionais e nos fatores ergonômicos envolvidos. Desse modo, o presente trabalho objetiva a elaboração de um estudo de caráter exploratório quantitativo relacionando as profissões do setor de colheita florestal com os EPIs, além de abordar brevemente as Normas Regulamentadoras do setor.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v22i1.3826

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.