Sensores invasivos e não invasivos: conceitos e aplicações biomédicas

Marcella Wayss Darold, Fernanda Vargas de Almeida, Helena Oliveira Bertolino, Paulo Jefferson Dias de Oliveira Evald

Resumo


A Instrumentação Biomédica abrange os estudos sobre o princípio de funcionamento de diversos dispositivos que entram em contato com o corpo humano para diferentes fins na área da saúde. Um dos componentes críticos destes dispositivos são os biossensores, que têm como finalidade mensurar variáveis internas, a partir de métodos invasivos que requerem procedimento cirúrgico e ambiente controlado, em contrapartida aos sensores externos, que mensuram por métodos não invasivos e não possuem interação física ou química direta com o processo. Apesar dos métodos invasivos serem considerados mais precisos, podem trazer complicações consideráveis ao paciente. Como alternativa, os sensores não invasivos têm alcançado cada vez mais espaço no mercado, pois suas aplicações não apresentam tamanho risco, entretanto, possuem como desvantagem o posicionamento manual no paciente para captar as informações, que podem sofrer alterações externas. Assim, neste trabalho é apresentada uma discussão sobre os recentes avanços e aplicações dos sensores biomédicos invasivos e não invasivos, bem como uma discussão sobre as tendências, desafios e perspectivas futuras para esta área.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v21i2.3434

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.