Sensores químicos e físicos: uma revisão voltada à engenharia biomédica e suas aplicações

Alícia Christmann Mattioni, Pedro Machado Wurzel, Paulo Jefferson Dias de Oliveira Evald

Resumo


Atualmente, os sensores biomédicos têm papel fundamental no auxílio de diagnósticos e tratamento de doenças. Estes sensores podem ser classificados como sensores físicos ou químicos, ambos com diversas aplicações. Neste contexto, os sensores físicos são utilizados para medir propriedades de natureza estritamente físicas. Já os sensores químicos, geralmente, são utilizados para realizar o reconhecimento de constituintes químicos e têm como um sub-grupo os biossensores, que são ferramentas de grande importância na área de pesquisa biomédica. Assim, este trabalho tem como objetivo realizar uma revisão dos recentes avanços de tais sensores, com ênfase nas aplicações biomédicas. Além disso, uma discussão sobre as tendências e perspectivas nesse campo é apresentada.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v21i2.3433

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.