A relação do elevador implantado nas Muralhas Romanas de Lugo com a Teoria Brandiana

Amanda S. Correa, Gabriela Budel, Francisco Queruz

Resumo


O presente artigo tece a respeito da implantação de um elevador nas Muralhas Romanas de Lugo, fazendo relação entre as atuais vigentes necessidades de acessibilidade e o princípio de restauração proposto por Cesare Brandi. A proposta que visa trazer acessibilidade, muito debatida atualmente, intervindo em patrimônio construído em séculos passados, estabelece uma relação delicada entre o novo e o antigo respeitando a memória arquitetônica histórica construída de uma cidade marcada pela consciência de preservação de patrimônios sociais e culturais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v20i2.2954

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.