“Efeito espelho” em vitrines de lojas comerciais: afastando potenciais clientes

Denise Estivalete Cunha, Celina Maria Britto Correa

Resumo


Dentre as estratégias para atrair novos clientes, a vitrine, interface entre a loja e a rua, continua sendo responsável pela maioria das vendas. A falta de um correto sistema de iluminação em uma vitrine pode acarretar sérios problemas. O chamado “efeito espelho”, causado pelos reflexos excessivos da luz natural, faz com que a vitrine, refletindo as imagens da cidade, impeça a visualização dos produtos e objetos expostos. A bibliografia aponta a relação entre o nível de iluminação externo e interno à vitrine como um parâmetro de probabilidade de efeito espelho. Neste estudo, buscou-se identificar essa relação, em vitrines de duas ruas comerciais na cidade de Santa Maria, RS. Os procedimentos metodológicos adotados foram: levantamentos fotográficos, observações técnicas e medições de iluminância com o uso de luxímetro. Os resultados, em parte condizentes com a bibliografia sobre o tema, atestaram que, para que se minimize o efeito espelho, não basta apenas a iluminação interna da vitrine ser mais elevada que a externa; é preciso que a iluminância interna seja quase duas vezes maior que a iluminância externa.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.