A renda frivolité como tema inspirador para o desenvolvimento de uma coleção de joias

Liana Garcia Cantarelli, Edir Lucia Bisognin, Maria da Graça Portella Lisbôa

Resumo


A proposta nesta investigação consiste no resgate da renda frivolité e o seu aproveitamento no Design de Joias. A inter-relação dos aspectos culturais com o patrimônio artístico nos conduz à memória e à identidade, pois a renda, objeto do presente estudo, se insere num saber-fazer popular. Pesquisaram-se em bibliografia especializada aspectos pertinentes aos assuntos cultura, design e artesanato, bem como aspectos técnicos para embasar a pesquisa. A metodologia utilizada foi a de Baxter (1998) e Löbach (2001) para subsidiar a prática na confecção do produto. O objetivo desta pesquisa foi o de utilizar a renda frivolité como tema inspirador para a confecção de uma coleção de joias que posteriormente, a partir da geração de alternativas, foi selecionada e executada uma das peças, agregando valor ao fazer artesanal e o seu aproveitamento no design contemporâneo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v17i1.1423

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.