Utilização de nanotubos de carbono como reforço para cimento de fosfato de cálcio

Daiana Guerra Sacilotto, Tiago Moreno Volkmer, Fernando Machado Machado

Resumo


Neste trabalho, teve-se como objetivo a produção de um nanocompósito utilizando α-fosfato tricálcico como matriz e nanotubos de carbono de paredes múltiplas como reforço, visando solucionar as limitações da utilização desta biocerâmica, causada pela baixa resistência mecânica suportada. Para tal, fez-se necessário a compatibilização superficial entre matriz e reforço, por meio de dois surfactantes: dodécil sulfato de sódio e fluido de simulação corpórea. Foram produzidos corpos de provas variando-se o percentual de nanotubos de carbono adicionados à matriz. Os nanocompósitos obtidos, bem como os materiais precursores, foram caracterizados por meio da microscopia eletrônica de varredura, espectrometria Raman, infravermelho e difração de raios X. A resistência mecânica dos nanocompósitos foi avaliada por meio de ensaios à compressão. Os melhores resultados foram obtidos com 0,5% em massa de nanotubos de carbono tratados com fluído de simulação corpórea que apresentou melhor resistência mecânica de 29,73 MPa, 63% superior a resistência suportada pelo α-fosfato tricálcico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.