Pré-tratamento de efluente metal mecânico por processos químicos - estudo de caso

Daniel Ortega Zavaglia Silva, Sérgio Roberto Mortari, Valderi Luiz Dressler, Rodrigo Fernando dos Santos Salazar, Mariana Ribeiro Santiago, Galileo Adeli Buriol

Resumo


Importante indústria do setor metal mecânico do município de Santa Maria-RS, gera efluentes com reativos do emprego de produtos químicos desengraxantes, decapantes e fosfatizantes. Por não possuir um sistema de tratamento deste efluente, pode acarretar sérios danos ao meio ambiente devido à presença de metais tóxicos em sua composição. Por meio de uma análise preliminar do pH, turbidez, cromo, ferro, zinco e níquel do efluente, constatou-se que encontrava-se fortemente ácido, com elevada turbidez e presença de metais pesados acima dos limites fixados na resolução CONSEMA Nº128/2006, RS. Assim, na tentativa de associar um sistema eficiente e de baixo custo no tratamento deste efluente, neste trabalho objetivou-se avaliar a técnica de neutralização usando o hidróxido de sódio e o hidróxido de cálcio, atingindo meios alcalinos previamente determinados e realizados em escala de bancada no Jar-test. Os resultados obtidos foram satisfatórios na remoção dos metais, redução da turbidez e formação de precipitados, destacando-se o pH 9 com o NaOH.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.