Viabilidade de um sistema de purificação de água com o uso da radiação solar

Lucas Anthoni Scapin, André Gonçalves Panziera, Ewerthon Cezar Schiavo Bernardi, Galileo Adeli Buriol, Alexandre Swarowky

Resumo


O objetivo deste trabalho foi testar um sistema para tratar a água utilizando a energia solar, comparando a sua eficiência com os padrões do Ministério da Saúde e do Conselho Nacional de Meio Ambiente. Foi confeccionada uma estrutura em forma piramidal, com 25° de inclinação, utilizando materiais de fácil aquisição e de baixo custo como: madeira, vidro, tinta preta e tubos de policloreto de vinil. As amostras de água foram coletadas no arroio Esperança e na estação de tratamento de efluentes de Santa Maria, RS. Os parâmetros analisados foram coliformes termotolerantes, demanda bioquímica de oxigênio, turbidez, cor aparente e sólidos dissolvidos totais. Os coliformes termotolerantes foram totalmente eliminados após o tratamento. A remoção média da cor aparente e turbidez foi de 97,93%, resultando em um ótimo tratamento para ambas as amostras de água. A demanda bioquímica de oxigênio diminuiu mais de dez vezes, obtendo-se um valor médio de 3,34 mg/L.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.