Produção e caracterização de nanocápsulas para imunização contra o Herpes Simplex Virus-2

Larissa Daiane Willrich de Melo, Deise Nascimento de Freitas, Luiz Carlos Rodrigues Junior

Resumo


Muitas tentativas para a descoberta de uma vacina eficaz contra o Herpes Simplex Vírusjáforam testadas, porémnenhuma delas obteve o resultado esperado. No entanto, a utilização da nanotecnologia atravésde suspensões de nanocápsulas com o víruspode ser uma alternativa para o desenvolvimento de vacinas. Estes sistemas possuem características fundamentais de liberação do conteúdo encapsulado. Este estudo propôs a produção e caracterização físico-química de nanocápsulas com HSV-2. As nanocápsulas, com HSV-2, desenvolvidas segundo Fessi (1989), apresentaram tamanho médio de 196,4 nm e índice de polidispersão de 0,125 com potencial zeta de - 18,9 mV. As análises de estabilidade das suspensões em temperatura ambiente indicaram uma conservação dos parâmetros fisico-químicos no período de 30 dias. Através da técnica de reação em cadeia da polimerase, utilizando como alvo o gene da glicoproteína B do HSV-2, foi demonstrado que partes do vírus são encapsuladas, não o virion completo. Os resultados sugerem que o encapsulamento para o desenvolvimento de vacinas deve priorizar alvos específicos do vírus.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.