Avaliação do conforto térmico no Shopping Independência, Santa Maria, RS

Mieli Antunes Nogueira, Minéia Johann Scherer

Resumo


Por meio dos estudos de conforto térmico visam-se analisar e estabelecer as condições necessárias para a avaliação e concepção de um ambiente térmico adequado às atividades e ocupação humanas. Este artigo apresenta um estudo de caso no qual foram avaliadas as condições de conforto térmico a que os trabalhadores do Shopping Independência, Santa Maria - RS estão expostos, principalmente em relação ao agente físico calor, seguindo os critérios estabelecidos nas normas NR 15, NR 17 e ISO 7730. Em relação a NR 15 e a NR 17, os dados obtidos estão de acordo com os limites de tolerância estabelecidos nas referidas normas. Já conforme a ISO 7730, é possível concluir que o ambiente não estava termicamente agradável, pois foi obtida uma porcentagem de pessoas insatisfeitas (PEI) maior do que 10%. Portanto, os resultados confirmaram a sensação de desconforto térmico manifestada pelos trabalhadores, e esse fato comprova a pertinência das solicitações destes quanto à instalação de dispositivos para a promoção do conforto térmico (aparelhos de ar condicionado), constituindo-se em fonte de informação para futuros projetos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.