Comparando as linguagens para representação de ontologias

Mirkos O. Martins, Giovani Rubert Librelotto

Resumo


O objetivo, neste artigo, é contextualizar um Ontology Builder, um extrator de ontologias, a partir de uma família de documentos XML (eXtensible Markup Language), uma linguagem de marcação que armazena tanto os dados quanto seus identificadores, obtido de uma XSO (XML Specification for Ontologies), especificação de ontologias em XML que, em sua execução, gera outro XSO, o qual é a representação de ontologias em RDF (Resource Description Framework), OWL (Web Ontology Language) ou XTM (XML Topic Maps). A apresentação dessas linguagens de representação e sua consequente comparação fornecerão um indicador que será melhor entre elas para a adoção ao Ontology Builder, possibilitando trabalhos futuros que sejam uma métrica já testada para construir suas próprias ontologias.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.