Diagnóstico sócio-ambiental da comunidade da bacia escola hidrográfica urbana, Santa Maria – RS

Denise Antonia Eberhardt, Ronaldo Kanopf de Araújo, Neila Terezinha dos Santos Silva, Galileo Adeli Buriol

Resumo


No presente trabalho, teve-se como objetivo realizar um diagnóstico socioambiental da microbacia hidrográfica urbana do Arroio Esperança, Município de Santa Maria - RS. Inicialmente, realizou-se um levantamento da realidade socioambiental do local por meio de observações visuais, entrevistas e aplicação de questionário junto à comunidade. Após, aplicou-se um questionário nas residências visitadas, totalizando uma amostragem com 100 entrevistados. Os dados obtidos foram sistematizados e determinou-se sua frequência. Foram realizados cruzamentos de diferentes resultados, para se estudar a existência de associação entre algumas variáveis, aplicando o teste qui-quadrado. Os principais problemas ambientais apontados pela comunidade foram os depósitos clandestinos de resíduos sólidos e a falta de tratamento do esgoto. A análise estatística demonstrou não existir associação entre as diferentes variáveis analisadas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.