Aproveitamento da água de chuva em escola municipal de Santa Maria

Rafael Zini Ouriques, Angelo Schneider, Maria Isabel Pimenta Lopes, Lidiane Bittencourt

Resumo


Neste trabalho, propôs-se o aproveitamento da água de chuva na Escola
Municipal João Pedro Menna Barreto, em Santa Maria-RS. No pré-dimensionamento do sistema de captação da água de chuva se fez necessário conhecer: a precipitação média anual e as áreas de contribuição dos telhados; permitindo obter a capacidade de captação e o volume da cisterna. Sendo 1461,50 mm, a precipitação média anual e 293,30 m², a área de contribuição dos telhados, estimou-se a capacidade de captação igual a 32,15 m³/ mês. Para a utilização da água de chuva nos vasos sanitários desta escola, a cisterna deve ter 8,27 m³, considerando um período de estiagem de 15 dias. Contudo, se for aproveitada toda a capacidade de captação da água de chuva, em outros usos não-potáveis, ter-se-ia uma redução média de até 60% do consumo de água tratada. Concluí-se que o aproveitamento da água de chuva é de vital importância, podendo representar uma redução de gastos expressiva com a utilização deste recurso ainda sem valor comercial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.