Plano de gerenciamento de resíduos sólidos de serviços de saúde do hospital pronto socorro de Porto Alegre, RS

Marcos Ugalde de Araújo Goes, Hélio João Belinazo, Rafael Cabral Cruz, Marta Regina Lopes Tocchetto

Resumo


As atividades diárias, dos diversos serviços prestados em um hospital,
geram uma quantidade razoável de resíduos. Os resíduos sólidos de serviços da saúde (RSSS) necessitam ser gerenciados de forma que não afetem o meio ambiente, desde o momento de sua geração, até sua disposição final, ou seja, cada estabelecimento gerador deste tipo de resíduos deverá possuir um plano de gerenciamento de resíduos sólidos de saúde (PGRSS). Neste trabalho teve-se como objetivo acompanhar a rotina e o manejo interno dos resíduos gerados nas diversas unidades do Hospital de Pronto Socorro HPS do município de Porto Alegre, visando a desenvolver um trabalho de quantificação dos resíduos para contribuir na implantação do seu plano de gerenciamento de resíduos sólidos de Saúde (PGRSS). Para isso foram identificadas as unidades do hospital e avaliados alguns aspectos como a segregação, o acondicionamento e o transporte interno. Foi realizada também a pesagem dos RSSS. Este estudo mostrou que as principais mudanças a serem realizadas são: conscientização do pessoal das unidades e do pessoal da limpeza sobre a segregação, reformulação da rotina da retirada dos resíduos, instrução do pessoal da limpeza para o uso correto dos EPIs e mudança das áreas de armazenamento de resíduos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37779/nt.v5i1.1181

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.