Avaliação sensitométrica de sistemas tela-filme utilizados em radiologia convencional.

Tiago Krauspenhar, Evamberto Garcia de Góes, Valmor Rios Lemes

Resumo


Em radiologia médica, o filme de raios X é utilizado em combinação com a tela intensificadora fluorescente. Assim, é muito importante se obterem as características sensitométricas desses sistemas para se determinarem, ambas, qualidade da imagem e dose de radiação no paciente. Realizou-se um estudo para se determinarem as propriedades sensitométricas de três telas intensificadoras de terras raras em combinação com um filme de raios X. Este estudo foi realizado com base no gradiente médio e na sensibilidade (velocidade), determinados pelas curvas características e na análise visual das imagens radiografias de tecido ósseo, simulado pelo uso de um fantoma. Os resultados obtidos não mostraram diferenças acentuadas na qualidade da imagem entre as 3 telas analisadas. Entretanto, observou-se uma diferença patente entre as telas quanto à capacidade que elas possuem de reduzir a dose no paciente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.