TV e seus atores: o jeito de comunicar da TV UNIFRA

Michelli Taborda, Morgana Hamester, Sibila Rocha

Resumo


Investigam-se os contratos de leitura dos atores sociais (âncoras) de dois programas da grade de programação da TV UNIFRA. Busca-se mapear as marcas representativas do personagem/ator/apresentador/comunicólogo da TV UNIFRA, entendendo-o como uma “peça” fundamental na circulação dos objetos midiáticos. As bases teóricas refletem os fundamentos que explicam os papéis de jornalista âncora e apresentador, podendo ser diferenciados pelas funções que exercem. A partir deste cenário a questão norteadora do trabalho é: que marcas semânticas dois apresentadores de programas da TV UNIFRA estabelecem nos seus papéis de apresentadores/âncoras? Tem-se como objetivo compreender o modo como âncoras expressam marcas discursivas nas apresentações de programas. O percurso metodológico selecionou as seguintes categorias para analisar estas marcas discursivas: cenário, identidade e tematizações. Deste conjunto de dados, identificou-se que pode haver diferenciações no modo de ancorar um programa de televisão. No caso específico dos programas analisados da TV Unifra - Contra Ponto e Stúdio Cultural - os apresentadores foram classificados como “bricoleur” e “flâneur”, conceitos de Levi-Strauss (1989) e Walter Benjamim (2009) respectivamente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.