A interpretação do gênero notícia e a Teoria da Relevância: uma proposta ostensivo-inferencial

Cristine Costa Rodrigues, Nilsa Teresinha Reichert Barin

Resumo


Trabalha-se, na escola, desde o Ensino Básico com interpretação de texto, mas percebe-se que os alunos, ao chegarem ao Ensino Médio, ainda apresentam dificuldades no que se refere à interpretação de texto. Diante disso, nesta pesquisa, pretendeu-se, por meio dos processos ostensivo-inferenciais: base para compreensão do gênero notícia, diagnosticar como os alunos do 3º ano do Ensino Médio, de uma escola localizada na região central de Santa Maria, RS, compreendem o gênero notícia por meio da proposta teórico-pragmática da Teoria da Relevância. Também se objetivou avaliar a eficácia da Teoria da Relevância (TR), de Sperber e Wilson, para o trabalho de interpretação e compreensão de enunciados. Por meio da pesquisa qualitativa, de cunho interpretativo, analisaram-se oito interpretações de alunos, com relação às quatro notícias trabalhadas em sala de aula e constatou-se que a Teoria da Relevância é uma teoria pragmática interessante para o professor de língua trabalhar com seus alunos a interpretação de texto. A compreensão dos alunos, no que se refere ao gênero notícia, foi realizadade forma eficiente, assim evidenciou-se a importância da teoria, proposta em aula, para a realização satisfatória da interpretação das notícias pelos alunos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.