A AQUISIÇÃO DA FLEXÃO VERBAL POR ALUNOS ESTRANGEIROS

Nuria dos Santos da Fonseca, Nilsa Teresinha Reichert Barin

Resumo


No presente estudo, discutem-se dificuldades morfossintáticas na aquisição da flexão verbal do português por seis alunos estrangeiros de nacionalidades diferentes: boliviana, argentina, alemã e turca. São considerados, além da flexão, o tempo e o  modo verbal. Foram observadas dificuldades teóricas, de aplicação e de reconhecimento da categoria verbal em  diferentes situações. Nas atividades práticas, os alunos estrangeiros realizaram exercícios para que os “erros” fossem analisados e retomados neste trabalho. Na análise, notou-se que a maior parte dos problemas cometidos nessa classe gramatical foi em relação à transferência da estrutura  gramatical da língua materna para a segunda língua, ou seja, o português. Este estudo, vinculado à linha de pesquisa Ensino, linguagem e linguística, contribui para as atividades escolares com estudantes estrangeiros no ensino dessa categoria gramatical.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.