A rotação dos símbolos em os lados do símbolo, de Amílcar Bettega Barbosa

Daniela Barbosa da Fontoura, Inara de Oliveira Rodrigues

Resumo


O objetivo do presente trabalho é analisar e interpretar os símbolos em quatro contos do livro Os lados do círculo, de Amílcar Bettega Barbosa. Para tanto, primeiramente, aborda-se a teoria do conto e do símbolo e, como segundo momento, se estabelece um comentário sobre o autor e suas demais obras. Logo após, apresenta-se a análise e interpretação dos símbolos mais frequentes e de maior significado nesses contos. Nesse sentido, concluiu-se que em Os lados do círculo, Bettega Barbosa desenvolve suas narrativas com uma simbologia ligada ao cotidiano de seus personagens, os quais se inserem em histórias sem começo nem fim, dando aos contos uma atmosfera misteriosa, em que cada um tem seu enredo particular, porém ligados ao longo do livro pelas simbologias recorrentes, principalmente a do círculo, a indicar, entre outros possíveis sentidos, o peso das contingências que marcam a existência dos sujeitos e as (im)possibilidades da condição humana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.